Straight

Primeira vez numa Sauna Gay!

Não é um tutorial. Apenas, um relato que pode ajudar a quem nunca visitou uma sauna gay ou mista.

No dia 20/04/2018 eu e o meu amigo Yuri Gaúcho, saímos para passear e conhecer um pouco mais da cidade de São Paulo. Ele é morador local e quis me apresentar alguns lugares e pessoas interessantes. Tivemos uma tarde maravilhosa que terminou numa Sauna.

Ao chegar, fomos recepcionados pelo manobrista e seguimos para dentro do ambiente. Ele por uma porta (Boy) e eu por outra (Cliente). Só que temos um problema: – Eu nunca fui numa sauna!! Como Se comportar? Quais as Regras? Quanto Paga? Como Paga (formas)? – muitas dúvidas.

Ao entrar, dei de cara com um balcão e o recepcionista foi me pedindo o meu número de sandália, me entregou uma chave (armário) e duas toalhas brancas (KIT). A situação foi tão rápida que eu nem sabia o que fazer, pra onde olhar ou ir (rs). Então, eu perguntei: o que eu faço agora? E, ele (super educado) respondeu: “pode ir aqui do lado (armários), trocar de roupa e seguir.”

Meu amigo apareceu e me levou pra conhecer os ambientes da sauna, me tirando daquela situação vergonhosa (rs), porque, apesar de eu escrever e falar muito sobre o tema, na real eu tenho pouca (ou zero) experiência.

Não sei se todas as Saunas (Thermas) são assim, mas, essa tinha recepção – armários – hall de entrada onde vários caras malhados ou não e bem-dotados apenas de toalha e pau duro oferecem os seus serviços como acompanhante, um bar, sala de massagens, ambientes reservados com tv, piscina, saunas (quente e seca), duchas (separadas por um vidro para que todos sejam vistos durante o banho), outras duchas (privativas), um palco e vários quartos reservados para locação (daqueles serviços que falei antes), ambientes pra fumantes, academia, espeguiçadeiras para os clientes assistirem tv e verem os os caras mais tesudos desfilarem seus corpos até chegarem aos armários onde guardam os seus pertences.

Aparentemente, todos recebem o mesmo KIT do cliente, mas o valor pelo acesso à Sauna é bem diferente, afinal, eles (Boys) estão trabalhando e nós, curtindo!

Eu sou super tímido e me vi diante de uma cena real onde alguns caras que estavam ali “disponíveis” para serem conhecidos e até “amados” por quem se interessar e puder ter $. Eles passam por você e você pode apenas olhar ou chamar pra uma conversa mais íntima (rs). Desfrute de tudo. Se você pode, você merece.

Eu sou super fã do Alex MotoBoy, Edu Costa e Carlos Twister (dentre muitos outros) e esses eu conheci por lá. #putaquepariu foi um dos dias mais felizes da minha vida: C-A-R-A-L-H-O-O-O-O-O! Um dia pra nunca ser esquecido.

Fui apresentado a eles e recebi atenção máxima e respeito desses caras, o que me fez ter ainda mais admiração pela profissão e respeito pela forma que cada um conduz a sua vida e conquista as suas coisas.

Meu amigo se ausentou por alguns minutos (horas) e eu fiquei ali desfrutando da paisagem (rs), então, comecei a ser abordado sutilmente por alguns dos caras do local.

Na real, você passa e vê um, dois, três caras mostrando o pau duraço, sacando você, piscando, etc. e, para não perder a viagem resolvi brincar um pouco, né? Haha!

Fui até o balcão e pedi a chave de um quarto – tem um menu com as opções de quarto x valor a pagar x tempo. Escolhi o meu, subi, recebi um atendimento maravilhoso que era um sonho impossível pra mim (rs) e voltei pra pista, não antes de ser beijado pelo boy dos meus sonhos. P.S.: você também pode pegar no balcão camisinha e gel (grátis) antes de subir.

Ainda aproveitei para assistir ao show de alguns gogoboys da casa que deram um gás pra noite fechar com chave de ouro.

E, decidido que chegou a hora de ir embora, (eu) o cliente deve devolver o KIT (toalha e sandália) ao armário e se dirigir ao balcão e com a sua chave numerada pagar a conta. Pra finalizar é só sair,  fechar a porta e guardar as lembranças dessa aventura foda pra caralho.

A discrição é um dos pontos fortes desse lugar e também a variedade que ele oferece. Gostei tanto que voltei na semana seguinte, porque o que é bom a gente prova e volta mais vezes (rs).

REGRAS DA SAUNA: Não pode tirar fotos ou filmar; Não pode fumar em áreas comuns; Não pode usar drogas (cof, cof);

REGRA DOS BOYS: Não pode colocar a conta do boy pra pagar junto com a conta da casa; Os boys só recebem em dinheiro (cash); Você negocia o valor e o que quer no atendimento; Você paga o quarto;

CONSELHO: Aja corretamente e você sairá feliz e realizado; Use camisinha em todas as relações sexuais; Evite ser chamado à atenção (por filmar ou fotografar  – porquê não é permitido mesmo); Leve dinheiro (cash) pra pagar ao Boy(s) e cartão de débito ou dinheiro pra pagar a conta da casa. DIVIRTA-SE E SE QUISER, ME CHAMA!

Autor (dono do site).

Tags: Sauna; Sauna Gay; Boys da Sauna; Garotos de Programa; Show na Sauna Gay; Clube Gay; Boate Gay; Night Club; Striptease Sauna Gauna; Já foi à uma suna gay?; Onde tem sauna gay em São Paulo?; Qual a melhor Sauna Gay em São Paulo?; Quanto paga numa sauna?; Pode tudo numa sauna gay?; Pode tudo numa sauna mista?;

4 comments

  1. Ainda acho algo muito superficial, pagar por sexo não é o ideal.
    Ter uma pessoa comprada ao seu lado e saber que ela só está ali pelo dinheiro e nada mais ,no fundo no fundo deve ser triste.

    1. Não é não. Acho que isso é problematizar demais as coisas. Oferta e Procura. Você deseja ter um “date” com alguém especial (famoso ou não) e ele oferece os serviços como um profissional. Você paga, você tem. Acho que é apenas uma relação sexual. Não foi um envolvimento “afetivo com romance, amor, etc.” é apenas sexo com desejo, tesão, satisfação de um “sonho realizado”. Ah, e pagamento no final. (rs).
      Eu não sai triste de lá, fica tranquilo! 😀

Deixe uma resposta